CNT investiga suposto abuso sexual contra Khadafi antes de sua morte

27/10/2011 - O Conselho Nacional de Transição da Líbia (CNT) confirmou à BBC nesta quarta-feira que está investigando versões de que Muamar Khadafi, líder deposto do país, foi vítima de abuso sexual momentos antes de morrer. O CNT confirmou à BBC que a investigação foi motivada por imagens captadas por um telefone celular logo após sua captura, na cidade de Sirte. Segundo a correspondente da BBC, Katya Adler, ‘Khadafi é rodeado por uma multidão de combatentes anti-Khadafi’. ‘A gravação parece mostrar o ex-ditador da Líbia sendo submetido a um abuso sexual’. O governo interino disse à BBC que já lançou uma outra investigação para determinar se Khadafi, que governou a Líbia por 42 anos, foi executado depois de sua captura. (G1)