Bernardo comanda a virada vascaína em Fortaleza: 3 a 1 no Ceará

22/5/2011 3h11 - Ontem, com seus reservas, o Vasco, equipe de Ricardo Gomes, bateu o Ceará por 3 a 1, de virada, no Estádio Presidente Vargas. Bernardo, duas vezes, e Jeferson marcaram os gols. Kleber abriu o placar para o Vozão.

Agora, os vascaínos voltam as atenções para a partida de volta das semifinais da Copa do Brasil, quarta-feira, contra o Avaí, em Florianópolis.

No irregular gramado da ‘Vovonera’, apelido que o campo cearense ganhou da torcida local, o Vasco conseguiu se impor no início da partida, contra um Ceará também de reservas, pois joga a partida de volta na semifinal da Copa do Brasil contra o Coritiba, quarta.

Escalado no ataque, Bernardo deu passe na medida para Enrico logo no início, mas o meia perdeu o gol. O garoto, que completou 21 anos sexta, ameaçou duas vezes o gol cearense, primeiro num chute rasteiro de longe, depois numa cobrança de escanteio.

Mas, aos 26 minutos, houve drama no setor defensivo vascaíno: Douglas sentiu a coxa numa dividida e saiu de campo. Sem zagueiros no banco, Ricardo Gomes promoveu a estreia do meia argentino Chaparro e deslocou Eduardo Costa para a zaga, que tinha no garoto Jomar um destaque. No fim do primeiro tempo, Fernando Prass evitou o gol do Ceará em tentativas de Junior, Sinho e Ernandes.

Logo no início da segunda etapa, Bernardo acertou belo chute que Adílson defendeu. Mas o Ceará melhorou e fez o gol aos 19: após escanteio, a zaga falhou e Kleber finalizou, de joelho. A bola bateu na trave e na mão de Prass, que não evitou que ela entrasse.

A virada começou quando Ricardo Gomes colocou Max no lugar de Enrico. O garoto, lateral de origem, puxou contra-ataque e tocou para Elton, que deu belo passe para Bernardo chutar cruzado, aos 32, e empatar. Logo depois, o jovem meia acertou lindo chute de fora da área e marcou o segundo.

No finzinho, na segunda boa jogada de Chaparro, ele ajeitou para a passada de Jeferson, que, também de primeira, fuzilou o goleiro do Ceará. O Dia