Copa do Nordeste: Bahia perde de virada para o Ceará e se complica na busca pela tetra

Ceará e Bahia se enfrentaram no jogo de ida na final do Nordestão, que vale o primeiro bicampeonato nos atuais moldes da competição. No primeiro duelo, vantagem alvinegra. O Bahia abriu o placar com Fernandão, mas o Ceará logo respondeu com Fernando Sobral marcando dois minutos depois. A virada da equipe de Guto Ferreira veio no segundo tempo com gols de Cléber e Mateus Gonçalves.

Primeiro tempo

O jogo começou em ritmo lento, estudado e travado. Mas começou a aquecer aos poucos, com o Ceará conseguindo maior posse de bola e domínio das jogadas e o Bahia com marcação compacta. O primeiro lance perigoso só ocorreu aos 17 minutos, após arrancada de Élber no meio-campo. Aos 25 minutos, Fabinho falha na saída de bola e é desarmado por Flávio que deixa Fernandão em bola condição para chegar finalizando dentro da área e abrir o placar. A resposta alvinegra foi rápida, com a sobra de bola em mais uma falha, dessa vez do Bahia. Fernando Sobral tenta avançar com Juninho Capixaba na cola. O goleiro Anderson tentou proteger a bola, mas acabou trombando com o defensor, deixando a meta livre para Fernando Sobral empatar o jogo, aos 27 minutos.

Sobral pegou a sobra depois do ‘bate cabeça’ de Anderson e Juninho Capixaba |  Foto: Felipe Santos/cearasc.com

Segundo tempo

A etapa final do jogo começou mais intensa. Aos 3 minutos, volante Flávio cruza fechado na pequena área, mas Fernando Prass sai do gol para espalmar. Aos 6, o Vovô reagiu com Leandro Carvalho, que tabelou com Bruno Pacheco e finalizou para a defesa de Anderson. A virada veio aos 11, Samuel Xavier cruza na medida para Cléber cabecear forte no gol. Aos 31, Mateus Gonçalves, que entrou no segundo tempo, aproveitou belo lançamento de Fernando Prass, do gol, para marcar o terceiro do Vovô. O árbitro chamou o VAR para checar possível impedimento, mas arbitragem em vídeo validou o gol.

Próximo duelo

O Ceará larga na vantagem para o jogo de volta, que terá o Bahia como equipe mandante. Os times se enfrentam na terça-feira (4), às 21h30, no Pituaçu. Ceará pode empatar ou perder por até um gol de diferença para garantir título.

“Pedra no sapato tricolor”

Em 2015 o Vozão foi campeão da Copa do Nordeste invicto e decidiu com o Bahia. O primeiro jogo venceu por 1 a 0 na Arena Fonte Nova e o segundo por 2 a 1 no Castelão.

No Brasileirão do ano passado o Bahia recebeu o Ceará numa posição privilegiada na competição em um jogo isolado de segunda-feira, vencendo chegaria a quinta colocação, mas o Vozão pregou mais uma peça e também venceu o jogo de virada quando perdia até os 38 min do segundo tempo. O zagueiro Luiz Otávio marcou de cabeça aos 39 e aos 48 minutos.