Senado aprovou prorrogação das eleições, precisa também aprovação da Câmara dos Deputados. Advogado explica como ficaria o calendário

A pandemia do novo Coronavírus provou transformações no mundo inteiro com alteração no calendário esportivos  no mundo inteiro, eventos tradicionais como o São João do Nordeste e até mesmo as eleições municipais em todo Brasil também deverá sofrer mudanças, a data de 4 de outubro previsto para acontecer o primeiro turno das eleições que irão eleger prefeitos, vice e vereadores poderá ser remanejada para 15 de novembro.

O Senado federal já atendeu ao pedido do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luís Roberto Barroso e aprovou a mudança e cabe agora a Câmara dos Deputados fazer o mesmo para que ocorra a mudança. Caso os deputados votem pela mudança o calendário já está montado.

O advogado Venícius Landulpho Magalhães Neto – Sócio fundador do escritório Magalhães Neto Advocacia e Consultoria, em Salvador, Pós-graduado em Direito Eleitoral explica como ficará o novo calendário. Assista ao vídeo na TV Calila