EMPRESA GERA POLÊMICA COM CABEÇA DEGOLADA DE BOLSONARO

Uma empresa chamada Gorila Company tem gerado bastante polêmica na internet após ‘produzir’ a cabeça degolada do presidente Jair Bolsonaro. 

Os proprietários dessa empresa são Marcello Tamaro e Pedro Millas que tiraram fotos posando com o “produto” em suas redes sociais.

Após as fotos com o produto, que é a cabeça degolada do presidente Bolsonaro, viralizarem na internet, os sócios teriam apagado as imagens das redes. 

Além disso, os perfis deles e da empresa agora estão como privados no instagram, ou seja, apenas seguidores podem visualizar as postagens. Já o site da empresa encontra-se ‘em desenvolvimento’.

Na imagem postada no perfil da empresa, além da imagem da cabeça do presidente dentro de uma caixa consta no texto da publicação as hashtags #ForaBolsonaro e #Genocida.

O irônico e, no mínimo, contraditório é chamar o chefe do executivo do país de genocida e fazer um produto com a cabeça dele degolada.

Em sua publicação, o Pedro Millas aparece segurando a ‘cabeça do presidente’ e se refere a ela como ‘jaca’ e ao chefe do executivo no País como ‘excrementíssimo Sr presidente’.

O sócio Marcello Tamaro, estirando o dedo médio, prometeu publicar um vídeo jogando futebol usando a “cabeça do merda do nosso presidente” como bola.
Fonte: Terra Brasil Notícias