PM mata jovem a tiros após vítima não baixar som de festa no Rio

PM mata jovem a tiros após vítima não baixar som de festa no Rio

Uma jovem foi morta com 15 tiros durante uma festa, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, na noite dessa quinta-feira (8). O autor dos disparos foi o policial militar Jorge Luiz Aguiar, que teria discutido com a vítima. Ele foi preso e encaminhado para o Batalhão Prisional da PM, em Niterói, na Região Metropolitana.

A confusão teve início quando o agente pediu para que um grupo de jovens diminuísse o volume de uma música funk que tocava no momento. Depois de se recusar a baixar o som, a mulher, identificada como Hayssa Alves, 21 anos, foi baleada. Ela chegou a ser levada para o Hospital Rocha Faria, mas não resistiu.

“O início da discussão entre Jorge Luiz e a vítima Hayssa se deu em razão do PM reclamar do tipo de música [funk] que a vítima e suas amigas colocaram para tocar no evento de confraternização em que estavam. Um conhecido do PM Jorge Luiz, que estava com ele, inclusive foi quem convidou Hayssa e amigas”, afirmou Fábio Cardoso, delegado titular da Divisão de Homicídios da capital, ao G1.

Jacobina Notícias | Tudo sobre Jacobina e Região!.