Capim Grosso: “Golpe do Telefonema” apavora população

A população de Pedras Altas, viveu momentos de tensão, na semana passada, quando uma onda de telefonemas, comunicando que familiares de pessoas que residem na localidade, estariam com o carro quebrado, precisando de dinheiro para efetuar o concerto do mesmo e completar a viagem até Pedras Altas.
Segundo informações de populares, D. Maria Rosa, moradora na Estrada de Queimadas, foi uma das vítimas, ela recebeu um telefonema, onde a pessoa se dizia sobrinho da mesma e que estava vindo de São Paulo, quando o carro quebrou e necessitava com urgência do depósito de certa quantia em dinheiro, desesperada D. Maria mandou uma pessoa até Capim Grosso para depositar a quantia solicitada,entretanto ao chegar na Casa Lotérica, onde seria realizada a transação, o estabelecimento já havia fechado, novamente o telefone voltou a tocar e ela comunicou o motivo de não ter realizado o solicitado, em resposta disseram que ela poderia depositar o dinheiro na segunda-feira logocedo, ao relatar os fatos com vizinho ela percebeu que se tratava de um golpe.
Ainda segundo informações de populares, a mesma sorte não teve D. Leonilda, moradora na Rua do Mulungú,  que recebeu um telefonema onde diziam ser seu filho que reside em São Paulo e que o mesmo estava com carro quebrado perto de Feira de Santana e precisava que ela depositasse R$ 550,00 para pagamento do concerto do veículo, apavorado ela realizou o depósito da quantia solicitada, o telefone tocou e ela atendeu informando que terá feito o solicitado, foi quando pediram mais R$900,00, ficando acertado que seria feito na segunda-feira o depósito, ao comentar com vizinhos Leonilda descobriu que tinha sofrido um golpe.
Outras pessoas também foram vítimas do telefonema, mas felizmente descobriram do que se tratava antes de tomar qualquer atitude.