Jacobina urgente: PMs se reúnem agora para decidir se entram em greve

5/2/2012 8h19 - Um policial militar informou hoje de manhã à reportagem do Corino Urgente que os policiais militares de Jacobina reúnem-se agora às 9h, no quartel da 24º CIPM, para decidir pela paralisação, acompanhando a categoria em nível estadual.

"Nós iremos seguir a orientação da associação e paralisar as atividades após a reunião das 9h", disse o PM. "Nós não estamos querendo apenas aumento de salário, mas ter os direitos respeitados. Wagner não quer negociar, então o único jeito é entrar em greve."

A reportagem conversou com alguns soldados PMs e a tendência entre eles é pela greve, mas participam de reunião com o comando da CIPM de Jacobina para decidir ou não pela paralisação.

A PM de Jacobina tem um efetivo de 90 homens. Da redação