Acusado de envolvimento em pelo menos 9 homicídios é morto em confronto com a Polícia

Janielson Santos de Moura, morreu na tarde desta sexta-feira, 13, na zona rural do Município de Araci, território do sisal, após trocar tiros com a Polícia Militar.

Segundo a PM, por volta das 16h30, uma guarnição da CIPE Nordeste, ao realizar rondas em apoio ao 16º BPM/Serrinha, com vista a prevenção de homicídio e repressão ao tráfico de drogas, mais precisamente no povoado João Vieira, foi informada acerca de disparos de arma de fogo, logo em seguida, os policiais militares da CIPE Nordeste, avistaram indivíduos em atitudes suspeitas, que ao perceberem a presença da viatura policial, evadiram, sendo que dois deles, adentraram numa residência.

Acusado de envolvimento em diversos crimes inclusive de homicídios

Segundo a Cipe Nordeste, foi feito o acompanhamento, e quando os policiais adentraram o imóvel, os suspeitos dispararam em direção aos militares, que revidaram da mesma forma. Após cessados os disparos,foi verificado que um dos indivíduos havia sido atingido.Prontamente, foi feita a condução para o Hospital municipal de Araci, contudo, não resistiu, vindo a óbito, constatado pelo médico plantonista.

Ainda de acordo com a Polícia, o resistente que também era conhecido por Nielson e Boca, natural de Araci, era suspeito de fazer parte de facção criminosa, e de cometer vários homicídios nas cidades de Araci, Tucano e região, sendo que em Araci, pelo menos, nove homicídios têm autoria direcionada a ele e que no momento do confronto foi encontrado com uma pistola Glock, calibre .40, modelo G 22 RAR n° 9457, e munições do mesmo calibre; um tablet de 500g de maconha prensada, pronta para o consumo; um saco pequeno, contendo sementes de maconha; uma máquina fotográfica.

Foto: Divulgação PM

O fato foi apresentado para autoridade de polícia judiciária, em Araci, que lavrou o Auto de Resistência.