Serrinha – Defensoria garante direito ao voto a presos provisórios que cumprem prisão domiciliar

A juíza Lisiane Souza Alves Duarte, da Vara Crime de Serrinha, acolheu o pedido da Defensoria Pública, desconsiderando a posição do Ministério Público, que opinou pelo indeferimento do pedido e conversão do feito.