Pela formatura de sua filha em medicina, ex-prefeito se acorrenta na Caixa Econômica Federal de Irecê e exige atendimento

O ex-prefeito Adalberto Lélis Filho, Beto Lélis, 64 anos, iniciou na tarde desta quarta-feira, 25 de março de 2020, um protesto após ter atendendo negado e acorrentar-se na porta giratória da Caixa Econômica Federal de Irecê.

Em um vídeo gravado pelo internauta Moises Cambuy, Beto Lélis queixa-se que o gerente da agência se negou a receber um aditamento do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) da sua filha Raquel Souza Lelis, que formou-se na Escola Baiana de Medicina em Salvador e precisa só da conclusão deste processo para ser diplomada.

Pela fala de Beto, o gerente se negou a receber o documento devido ao contingenciamento preventivo ao Coronavírus, porém, o mesmo disse que leu as normativas da Caixa e só está suspenso os atendimentos feitos por aplicativos e que vários barões (ricos) entraram para depositar dinheiro, por isso exige ser recebido.

Até o período da noite Beto ainda continuava acorrentado e disse que pretende ficar até a abertura da agência nesta quinta (26), com o objetivo de só liberar a porta depois de ter a garantia de atendimento.
Fonte: Augusto Urgente!