Audiência pública na CMS discute fim da obrigatoriedade de registro profissional de jornalistas


Uma audiência pública vai discutir na Câmara Municipal de Salvador (CMS) a Medida Provisória 905/2019, que prevê o fim da obrigatoriedade do registro profissional de 13 profissões, inclusive a de jornalista e radialistas. A sessão acontece nesta quarta-feira (4), às 9h, no Centro de Cultura da CMS, anexo ao prédio da prefeitura. A audiência foi solicitada pelo vereador Marcos Mendes (PSOL).

Na visão do Sinjorba, o fim do registro junto às superintendências regionais do trabalho criará um quadro de ausência de normas profissionais. “No jornalismo isso é dramático, especialmente frente à escalada de fake news, que já compromete a informação séria e responsável. O registro reforça o compromisso com a verdade dos fatos, que é exigência e direito da sociedade. Além disso, as profissões atingidas serão ainda mais precarizadas, com risco de extinção”, argumenta o presidente do Sinjorba, Moacy Neves.

Fonte: Bahia Noticias