Em sete meses, polícia apreende mais drogas do que o ano inteiro de 2017 na Bahia

Em pouco mais de sete meses a polícia baiana apreendeu mais drogas do que em todo ano de 2017. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), entre janeiro e o início de agosto, 17,5 toneladas de entorpecentes foram encontradas, na Bahia. Em 2017 o número total foi de 16 toneladas.

Ainda conforme o balanço da SSP, as maiores apreensões de maconha aconteceram em plantações, nos meses de março, quando a Cipe Semiárido localizou 10 toneladas, na cidade de Xique-Xique, em maio com a COE achando 1,5 tonelada em Esplanada e, em junho, no município de Canarana, onde equipes da Rondesp Chapada e da Delegacia Territorial encontraram 1,5 tonelada. Além dos plantios, em Feira de Santana, em julho, 350 kg de maconha prensada foram retirados das ruas pela DTE.

Em duas ações conjuntas de forças estaduais e federais, dois montantes de entorpecentes acabaram encontrados, na capital e na RMS. Em junho a COE (Canil) e PF, no Porto de Salvador, apreenderam cerca de 1,5 tonelada de cocaína, avaliada em R$ 22,5 milhões. Já na cidade de Simões Filho, em julho, o Batalhão de Choque, a Rondesp BTS e a PF descobriram 200 kg de pasta base de cocaína, avaliados em R$ 4 milhões, em um galpão.

Ainda no primeiro semestre, em abril, a DTE de Feira estourou um laboratório de refino de drogas. Uma carga de 40 kg de cocaína, com marca da Apple, foi localizada.
Fonte: Bocão News