Dourado marca após dois meses, e Flamengo vence Cruzeiro

O Flamengo se recuperou no momento certo dos últimos resultados negativos. Diante de um Maracanã com mais de 50 mil torcedores, o time rubro-negro venceu o Cruzeiro por 1 a 0, neste domingo (12), com um gol de Henrique Dourado.

O artilheiro estava esquecido nos últimos jogos, mas balançou as redes depois de dois meses de jejum.

Com 37 pontos, o Flamengo está na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, um ponto atrás do São Paulo (38). O Cruzeiro, por sua vez, não vence há quatro rodadas e somou apenas um ponto nesse período. Esse retrospecto o distanciou da ponta, estacionado nos 25 pontos.

Resta apenas uma rodada para o encerramento do primeiro turno. O Flamengo visita o Atlético-PR, no domingo, às 11h, enquanto o Cruzeiro recebe o Bahia, às 16h.

Antes, porém, as equipes entram em campo pela Copa do Brasil, quarta-feira (15), como mandantes. No Maracanã, o Flamengo recebe o Grêmio, às 21h45. Já o Cruzeiro duela contra o Santos, às 19h30, no Mineirão. Os confrontos valem vaga nas semifinais do torneio nacional.

Henrique Dourado foi o grande nome no começo da partida. Aos 8min, ele recebeu cartão amarelo por falta em Rafinha e está suspenso para a próxima partida. Aos 22min, deixou sua marca, o que não acontecia desde a décima rodada. Ele recebeu passe de Everton Ribeiro no meio da área e, de bico, chutou no canto esquerdo, vendo a bola bater na trave antes de entrar.

Com uma postura absolutamente defensiva, o Cruzeiro esperava os erros do Flamengo na expectativa de encaixar o contra-ataque. Chegou pela primeira vez aos 41min, quando Raniel tocou e a bola passou paralela ao gol de Diego Alves. Aos 43min, o modificado time cruzeirense quase empatou. Henrique cabeceou após escanteio cobrado por Mancuello. O peruano Trauco salvou em cima da linha.

Ainda que distante dos primeiros colocados e com a maioria dos jogadores poupados, o Cruzeiro não vendeu com facilidade o resultado para o Flamengo. O técnico Mano Menezes colocou Thiago Neves, Arrascaeta e Robinho no decorrer da segunda etapa. A expectativa era a de mudar a postura defensiva e de só apostar nos contra-ataques. Os visitantes queriam um resultado melhor.

A melhor chance criada foi aos 31min do segundo tempo. Só que Diego Alves impediu o empate cruzeirense. O goleiro rubro-negro fez defesa extraordinária após cabeceio de Arrascaeta. Os jogadores do Cruzeiro pediram gol, mas a bola não cruzou inteira a meta. Alívio do Flamengo por um resultado importantíssimo.

Com informações da Folhapress