Bolsonaro se compara a Trump ao negar aliança com partidos: ‘acordo com o diabo’


O pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) voltou a afirmar que não irá partir em busca de partidos para aumentar seu tempo de TV no horário eleitoral. Segundo o jornal Estado de S.Paulo, o deputado comparou a busca por alianças com “acordos com o diabo” em São Luís do Maranhão nesta quinta-feira (15). “Não farei acordo com o diabo para ter tempo de TV. Propaganda hoje é feita com isso aqui”, disse o deputado ao mostrar um celular. “Tivemos o exemplo nos Estados Unidos, ninguém acreditava no Trump, mas ele ganhou”, completou Bolsonaro.
Com informações do Estado de S Paulo