Prédios são esvaziados após tremores na Av. Paulista; DF e RS também registram fenômeno


Pelo menos dois prédios nas imediações da Avenida Paulista foram esvaziados após relatos de tremores na manhã desta segunda-feira (2). Não há informações detalhadas sobre as razões para os tremores, porém o Corpo de Bombeiros encaminhou equipes para a região para tentar identificar eventuais danos. 

Em Marília, no interior de São Paulo, a prefeitura também confirmou que tremores foram observados no município. Funcionários da Petrobras e do Ministério Público, na área central da capital paulista suspenderam as atividades e estão fora dos prédios. Populares também relatam tremores em Brasília, entretanto não há muitas informações. 

Dados preliminares sugerem que um tremor de 6,8 da escala Richter na Bolívia seria a razão dos abalos - além de São Paulo e do Distrito Federal, moradores do Rio Grande do Sul também relatam situações similares.

BN