Léo Santana anuncia arrastão na Quarta de Cinzas

O batuque que formava o som da música Várias Novinhas tocava por segundos e logo parava, fazendo suspense. Era só passar por perto que dava para ver a pipoca fazendo jus ao nome com os foliões inquietos. Assim foi o início do Trio Independente de Léo Santana, que fez a galera cair na dança mesmo nos ritmos espaçados que tocavam antes do cantor realmente subir no ‘palco ambulante’, no Campo Grande, às 17h50. Mais tarde, no mesmo trio, o cantor anunciou que vai particiar do tradicional arrastão na Quarta de Cinzas (saiba mais abaixo).

“A imprensa não pode subir agora”, anunciava a assessoria do artista enquanto Léo se arrumava no Camarim. Trinta minutos de aguardo, e nada. Só os batuques fazendo o povo efervescer. O gigante, como é chamado, estava no seu processo de produção. Ninguém pode atrapalhar.

Lá debaixo, não paravam os gritos, corações e fantasias em homenagem ao cantor, no que seria o seu arrastão desta segunda-feira (12), que reuniu famílias e todas as faixas etárias. Camila Nascimento, 15, veio de 'santinha' em homenagem a Léo. "Não tem isso de mulher ser santa ou não, todas são muitas coisas, mas é disso que muitas músicas dele tratam, pra quem souber interpretar", disse. Ela veio com as amigas e a tia, mas estava sozinha para chegar mais perto do trio. "Quero ver ele de pertinho!", exclamou em meios aos gritos de expectativas da galera.
Fonte: Correio 24h.